OmegaCont, 33 anos – O futuro na palma de sua mão.

OmegaCont 33 anos

Com 33 anos de história, a Contabilidade Omega atravessou momentos de profundas transformações políticas, culturais e econômicas, junto com você. No final da década de 80, quando a Omega iniciou suas atividades, o mundo ainda se encontrava dividido, havia atravessado situações ainda mais difíceis, onde as relações humanas foram colocadas à prova. Acompanhamos estes processos, sempre voltados para o futuro, mas com ampla consciência do presente. Anos mais tarde, com a chegada da era da informação, pudemos otimizar processos e tornar a relação com os clientes ainda mais otimizada e rápida, baseada na velocidade, mas sem perder a confiança e responsabilidade.

Em três décadas, observamos as profundas mudanças e o rápido progresso de Balneário Camboriú, marcado principalmente pelo boom turístico e imobiliário, onde a importância da contabilidade e prestações de serviço foi atualizada seguindo as exigências do momento, principalmente tangendo as novas relações entre condôminos. 

Hoje, não seria diferente, a OmegaCont apresenta a sua nova identidade visual, com linhas mais orgânicas, vindo de encontro com a situação atual, que requer um novo olhar, pronto para a reinvenção. Estamos implementando novos serviços, como assembléias de condomínios por videoconferência, BPO Contábil, Administrativo e Financeiro, além da chegada OMEGA 4.0, com app que trará o futuro para a palma de nossas mãos, garantindo ainda mais fluidez e segurança nos processos.  

Isso tudo é OmegaCont.

Isso tudo é você, com a Omega.

INSS começa a pagar hoje 13º salário de aposentados e pensionistas

Depósito da primeira parte do abono será feito até 8 de maio

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa hoje  a pagar hoje (24) o 13º de aposentados e pensionistas. O depósito da primeira parte desse abono anual será realizado no período de 24 de abril a 8 de maio.

Para aqueles que recebem um salário mínimo, o depósito da antecipação será feito entre os dias 24 de abril e 8 de maio, de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos creditados entre 4 e 8 de maio.

Em todo o país, 35,6 milhões de pessoas receberão o benefício de abril. O INSS injetará na economia R$ 71,7 bilhões. E 30,7 milhões de beneficiários receberão a primeira parcela do 13º, o equivalente a R$ 23,7 bilhões.

Por lei, pode receber direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2020, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário.

Aqueles que recebem benefícios assistenciais – Benefício de Prestação Continuada (BPC) e Renda Mensal Vitalícia (RMV) – não têm direito ao abono anual.

Fonte: Agência Brasil

Taxa de condomínio: como calcular?

Você sabe como é definida a taxa do condomínio? Essa é uma dúvida comum dos moradores e até mesmo entre os síndicos. Por isso, é importante saber como esse cálculo deve ser feito, e principalmente, quais são os itens que o compõe. Somente assim é possível ter uma taxa do condomínio justa e compatível com o valor do condomínio.

O que é taxa de condomínio?

Também conhecida como cota condominial, a taxa de condomínio é o valor cobrado mensalmente pela administração para custear as despesas da edificação.

O que está incluso?

Cada unidade precisa pagar a sua parte da taxa condominial, fazendo assim o rateio dos gastos do condomínio, como:

Dessa maneira, o pagamento da taxa do condomínio é essencial para a gestão e o bom funcionamento do condomínio. Sem ela, não há como manter um empreendimento operando de forma adequada.

Como deve ser cobrado o condomínio?

O pagamento da taxa de condomínio não é opcional e é resguardado pelo Art. 1.336 do Código Civil, cujo inciso I define que é dever do condômino contribuir para as despesas da administração.

A taxa de rateio inclui as despesas ordinárias e até mesmo extraordinárias, como mostraremos a seguir. 

Quais são as despesas ordinárias de condomínio?

As despesas ordinárias, são as despesas comuns, como: luz, água, gás, pagamento de funcionários, compra de material de limpeza, portaria, entre outros. Nesse caso, o valor de todas as despesas é dividido pela quantidade de apartamentos, gerando assim uma taxa mensal.

Já a taxa fixa é definida pelo síndico e aprovada previamente em assembleia geral. Seu cálculo é uma média de todas as despesas ordinárias, pelo número de apartamentos ou casas. É possível, também, acrescentar as despesas extraordinárias ao cálculo, como obras, pinturas, modernização das áreas comuns, entre outras.

Taxa de condomínio: Quando começar a pagar?

Não existe lei ou artigo específico capaz de resolver essa questão com um ponto final. Sendo assim, esse questionamento muitas vezes é respondido com base interpretativa de outros dispositivos legais. Advogados condominiais, administradoras, locatários e até mesmo inquilinos muitas vezes concordam que assim que ocorre o recebimento das chaves, o pagamento da taxa condominial já se inicia.

O que acontece se eu não pagar o condomínio?

Quando o condomínio não é pago, o morador, seja ele locatário ou proprietário do imóvel passa a se tornar inadimplente. Essa inadimplência muitas vezes pesa no bolso dos outros condomínios, pois muitas vezes o rateio passa a contar com um número menor de divisores. Sendo assim.

Quando o condomínio não é pago, o morador possui um prazo de geralmente 30 dias para quitar essa dívida, além do valor da taxa, é preciso pagar multas e juros pré-estabelecidos. EM casos mais longos, pode haver processo de penhora e até mesmo despejo. 

Trabalhadores relatam problemas para receber os R$ 600 de auxílio emergencial

Milhões de brasileiros já receberam o auxílio emergencial do governo, mas muita gente que está habilitada para receber ainda não viu o dinheiro na conta.

O comércio fechou e a renda não entrou mais na casa da Cláudia de Moura, que trabalha com eventos. Ela cria a filha sozinha e espera resposta do governo para receber o auxílio emergencial de R$ 1.200 a que tem direito.

“Ligo lá e eles me informam que não tenho cadastro. E me mandam fazer o cadastro no site. Eu vou no site fazer o cadastro e eles me falam que o cadastro está realizado, que tenho que aguardar a análise”, conta a bartender.

A Caixa anunciou que já vai antecipar o pagamento da segunda parcela do auxílio. Além da Cláudia, tem muita gente não recebeu nem a primeira.

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600

A Adriana Baeta é mãe de três filhos, e também é responsável pela família. Ela ainda está tentando entender o que que aconteceu. Ela explicou que tem inscrição no Cadastro Único, o auxílio foi aprovado. Mas até agora nada de pagamento.

“Nada de pagamento. Não tenho conta bancária, então vou receber através da poupança social da Caixa. Para isso, precisei baixar o aplicativo Caixa Tem, para poder conseguir fazer a transferência e os pagamentos. Só que é impossível acessar o aplicativo. Primeiro, ele custa a carregar. Quando eu consegui carregar o aplicativo, veio a informação que a minha conta não havia sido aberta e que eu deveria consultar em 24 horas. Já estou completando 72 horas e não consigo acessar o aplicativo”, diz a autônoma.

Ela também procurou respostas em outras centrais da Caixa. “No 111, a mensagem é sempre a mesma: esse número está temporariamente indisponível. Esse número não existe, tanto de telefone celular, quanto de telefone fixo. E no suporte do aplicativo, já cheguei a ficar 52 minutos numa ligação. E não consegui falar com ninguém”.

A Janaína Rodrigues também espera pelo pagamento. Ela é manicure, tem dois filhos pequenos, e está inscrita no Bolsa Família. No caso dela, deveria receber o valor maior de R$ 1.200.

APROVAÇÃO ANUAL DE CONTAS NO CONDOMÍNIO

Uma das atribuições do síndico, prevista no artigo 1348 do Código Civil, é a prestação de contas do condomínio pelo menos uma vez por ano aos condôminos.

Neste vídeo da série “Especialistas”, o advogado especializado em Direito Condominial, João Paulo Rossi Paschoal, orienta síndicos sobre como proceder para a aprovação das contas do condomínio pelos meios extrajudiciais, ou seja, por meio da assembleia.

Desta forma, o síndico evita muita dor de cabeça, desperdício de tempo e de dinheiro, demandados pelas vias judiciais. Assista ao vídio clicando na imagem do topo

CONTABILIDADE 2020: CONHEÇA AS NOVIDADES QUE VÃO REVOLUCIONAR O SEGMENTO

Segundo dados do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), 519.729 profissionais da área possuem registro ativo no Brasil. Além disso, a maioria das organizações contábeis do país se concentram em São Paulo. Ao todo, são 21.279, número que equivale a 30%, de um total de 69.778 empresas em todo o Brasil.

Com base nesses números, é possível concluir que se trata de uma atividade muito importante para o desenvolvimento econômico de qualquer setor. Para se destacar no mercado de contabilidade nos do Grupo Lank temos contado bastante com a ajuda da tecnologia, para César Vieira, sócio do Grupo Lank, a tecnologia tem sido um dos fatores que mais está impactando positivamente este processo

“Trata-se de uma forma de obtermos mais agilidade e segurança nos processamentos das informações de nossos clientes”, destaca César.

10% multa do FGTS

Uma das principais mudanças relacionadas ao segmento tributário se faz presente a partir da MP (medida provisória) “Verde e Amarelo”, cuja proposta visa incentivar as contratações de jovens. “Nesta mesma MP ficou estabelecido o fim da Multa do Adicional de 10% sobre o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para as demissões sem Justa Causa. Multa essa que foi criada em 2001, em favor da CEF (Caixa Econômica Federal), para compensar as perdas com os planos Verão e Collor”, explica César.

“Para os trabalhadores não muda nada, pois o cálculo segue sendo realizado sobre os 40% do saldo do FGTS, os beneficiários desta MP são as empresas, que deixarão de pagar os 10% sobre o FGTS para a CEF. Essa medida ajuda a reduzir os encargos trabalhistas e incentiva a contratação de novos trabalhadores”, complementa.

A tecnologia aplicada à contabilidade

Quando falamos em contabilidade, imediatamente nos vem à memória uma série de atividades complexas e burocráticas. Eis que surge a maior função da tecnologia, quando aplicada a este segmento que é simplificar os processos. “A tecnologia tem ajudado muito o nosso setor. Trata-se de uma forma de obtermos mais agilidade e segurança nos processamentos das informações de nossos clientes”, enfatiza César.

“Com isso não só o cliente da contabilidade que ganha e sim também o escritório, pois a automatização dos processos, permite ao profissional ter uma melhor gestão de tempo para realizar outras tarefas, como uma pesquisa, uma consultoria mais aplicada, desenvolver uma reunião mais detalhada e com mais informações, trazendo qualidade para a prestação de serviço e um custo mais acessível”, finaliza o sócio do Grupo Lank.